• Rua da Reitoria (em frente a Praça das Bandeiras) - Barão Geraldo - Campinas - SP
  • geplanes@unicamp.br

EDITAL TIPO 1 - FENF - Finalizado - De 04/03/2019 até 30/06/2021

Atualizado em: 27/02/2024 12:01
Progresso Entregas (6/6)
100%
Progresso das Atividades Parciais Terminadas (0/0)
0%
Atividades Parciais Atrasadas (0/0)
0%

EDITAL TIPO 1 - FENF
Download


Descrição

Trata-se de um projeto de revitalização dos Laboratórios de Ensino - FENF da Faculdade de Enfermagem (EN06, EN07 e EN09) para aquisição de equipamentos, instrumentos e insumos. O EN06-Laboratório 1 possui uma área de 48,27m2 e comporta 20 alunos e dois professores, o EN07-Laboratório 2, 69,12m2 e 40 alunos e dois professores. O EN09-Laboratório de Informática, 27,4 m2 por ter apenas 17 computadores, sendo um de uso do professor, não atenderá a demanda da disciplina EN304-Informática em Saúde uma vez que o Curso de Enfermagem oferece 46 vagas. A situação precária dos nossos laboratórios pode ser atestada pelos dados do Relatório de Curso - 2016 (INEP) divulgados na brochura Informações Cursos de Graduação - Enfermagem elaborada pela Pró-Reitoria de Graduação da Unicamp, em novembro de 2018. Apenas 16,2% dos alunos responderam Concordo Totalmente à afirmativa: Os ambientes e equipamentos destinados às aulas práticas foram adequadas ao curso. Enquanto que 54,6%, 57,9% e 60,9% dos alunos da UF, da Grande Região e do Brasil, respectivamente, responderam Concordo Totalmente a essa mesma afirmativa. Além disso, pesquisas recentes indicam o erro na prática profissional em saúde como importante causa de morte no Brasil. Neste contexto, implementar medidas para mitigar os danos causados e promover a segurança do paciente são imprescindíveis, uma vez que aproximadamente 30 a 36% dos óbitos determinados por eventos adversos graves podem ser prevenidos (Couto et al., 2018), por isso, além da prática repetida de procedimentos técnicos em laboratórios de ensino, a inserção da simulação com o uso de cenários em saúde na grade curricular faz-se necessária para formação e capacitação dos alunos, o que vai ao encontro das recomendações da Organização Mundial da Saúde para que as escolas adotem um programa curricular com foco na segurança do paciente (OMS, 2011). Não apenas situações clínicas podem ser simuladas, mas também situações que envolvem questões éticas, conflitos e tomada de decisão clínica ou gerencial. Portanto, é uma metodologia de ensino aplicável a qualquer área de conhecimento ou disciplina de enfermagem. Recentemente a FEnf admitiu uma enfermeira (PAEPE Ensino) que será responsável pela organização dos Laboratórios 1 e 2 e auxiliará nas atividades de simulação e de ensino de habilidades como punções, cateterizações e outras.

Ganhos do Projeto

A revitalização dos laboratórios de ensino poderá propiciar a ampliação do uso da simulação realística em disciplinas que ainda não incluíram esta metodologia em seus programas, bem como permitirá que os alunos pratiquem habilidades técnicas durante as aulas práticas, mas também em horários extra-classe, sob supervisão de um enfermeiro habilitado e não apenas de monitores PAD, como tem ocorrido até então. E além disso, com equipamentos semelhantes aos que são utilizados nas unidades hospitalares da Unicamp e manequins novos, em melhores condições de uso. Quanto ao Laboratório de Informática, a renovação do parque de equipamentos viabilizará a oferta da disciplina EN304 – Informática em Saúde, de oferecimento obrigatório a partir de 2022, cuja ementa é: O uso da informática na área de saúde: aplicações no ensino, pesquisa, assistência e administração em enfermagem. Uso de ambiente virtual de aprendizagem (AVA) e tecnologias da informação e comunicação (TICs) para o ensino de enfermagem de nível médio. Ensino a distância: perspectivas e limitações. Simulação em enfermagem com o uso de TICs. Sistemas de informação em saúde e sistemas de informação hospitalares. Telessaúde e Telenfermagem e suas implicações para o ensino e assistência de enfermagem. Serão usadas como estratégias de ensino aulas práticas de consulta a sistemas de informação como o DATASUS e ao sistema de informação hospitalar (SIH) do Hospital de Clínicas da Unicamp (para que os alunos além de conhecer quais são os recursos de um SIH, aprendam a utilizá-lo), bem como desenvolvimento de seminários com utilização das TICs. Estas atividades requerem computadores mais ágeis e programas adequados. O curso de graduação em enfermagem atualmente conta com 250 estudantes e 28 professores que se beneficiarão da revitalização dos laboratórios de ensino, além de monitores PAD que atuam nesses laboratórios e irão participar desta prática de ensino. Poderá beneficiar também alunos de pós-graduação PED e aqueles matriculados na disciplina EG143 - Práticas Docentes e Questões de Ensino.Vinte disciplinas do Curso de Enfermagem e uma do Curso de Medicina (MD444 - Laboratório de Habilidades II: Prática médica por meio de anamnese, enfatizando no atendimento os aspectos sociais, históricos e ambientais do paciente. Técnicas e procedimentos básicos de enfermagem. Princípios de técnicas cirúrgicas em modelo experimental) serão beneficiadas. O Curso de Graduação em Enfermagem e o Curso de Graduação em Medicina da FCM/UNICAMP serão beneficiados. Outros cursos que poderão utilizar os materiais a serem adquiridos: Curso de Especialização em Estomaterapia da FENF/UNICAMP e outros cursos da área de saúde.

Orgão

CGU

Líder do Projeto

Maria Helena Baena de Moraes Lopes

Membros da Equipe

Émerson José Ferri

Adriana Camargo Cavalcante

Maria Helena Baena de Moraes Lopes

Gestão dos Recursos Financeiros

Orçamentos
Descrição Data Valor
Total 0

Gastos
Descrição Data Valor
Total 0

Saldo
Total 0




Resultados

Formalização e relatório final

Ver

Relatório Final

Ver

Comissão de avaliação

Ver



Entregas

1. Planejamento
2. Aquisição de Equipamentos do Laboratório de Informática
3. Aquisição de Equipamentos do Laboratório de Habilidades
4. Implementação
5. Monitoramento e Controle
6. Relatório Final

Proposta de Indicadores        



Atividades